Entenda a diferença entre VPS e Nuvem

Até a muito pouco tempo atrás, era o usual nas empresas a utilização de servidores físicos. Os servidores físicos geralmente eram adquiridos com capacidade superior à necessidade da empresa no momento da compra, pois eles deveriam ser capazes de atender as demandas da empresa pelos próximos 3 a 5 anos. Este procedimento gerava uma grande ociosidade de recursos computacionais e a necessidade de investimentos dispendiosos e desnecessários para as empresas.

A virtualização surgiu para eliminar essa ociosidade de recursos computacionais, permitindo o compartilhamento entre vários servidores simultaneamente.

O que é um Servidor Virtual Privado (VPS) ?

O VPS é um primeiro passo na estrutura de virtualização. Neste modelo, através de um hipervisor (software que cria e roda maquinas virtuais gerenciando a execução de seus Sistemas Operacionais), é possível compartilhar os recursos de um Servidor Físico (processador, memória, disco de armazenamento e rede) entre vários servidores virtuais com múltiplos sistemas operacionais e aplicações.

Através deste modelo, otimiza-se a utilização dos recursos (processador, memória, disco e rede) do equipamento. Com a virtualização, tornou-se possível a elasticidade dos recursos, ou seja, é possível, por exemplo, aumentar a memória de um servidor virtual apenas realocando os recursos disponíveis no equipamento (host).

O que acontece quando os recursos físicos do equipamento (host) são todos utilizados pelas VPS ? Neste caso, será necessário ampliar os recursos físicos da máquina ou, até mesmo, trocar o equipamento por outro. Neste caso, todo o trabalho executado pelas VPS tem que ser interrompido para a atualização dos equipamentos.

O que acontece quando o ocorre falha técnica no hardware do Servidor Físico (Host) ? Neste caso, também será necessário a interrupção dos serviços executados nas VPS para a manutenção do equipamento.

O que é Cloud Computing (Nuvem) ?

O Cloud Computing (nuvem) é o próximo estágio da virtualização. Neste modelo, através da integração entre os hipervisor de múltiplos Hosts (Servidores Físicos), cria-se um pool de recursos computacionais (processador, memória, disco e rede) disponíveis para a criação de ilimitadas VPS.

Desta forma, a elasticidade dos recursos de cada VPS cresce de forma vertical (dentro do host) e horizontal (dentro da nuvem). Os recursos físicos computacionais passam a ser “ilimitados”, ou seja, quando a nuvem começa a atingir seu limite computacional físico, basta acrescentar e integrar um novo Host na nuvem com novos recursos. Neste processo, não é necessário a interrupção dos serviços na VPS, os recursos físicos são automaticamente adicionados no pool.

No caso, de uma falha técnica em um equipamento de um Host, as VPS hospedadas neste Host defeituoso passam a utilizar os recursos físicos disponíveis em outros Hosts da nuvem, mantendo a disponibilidade dos serviços executados pelas VPS afetadas.

Assim, a o Cloud Computing (nuvem) disponibiliza às empresas os seguintes benefícios:

  • Otimização de Recursos Computacionais;
  • Elasticidade dos Recursos / Dimensionamento conforme a Necessidade/Demanda;
  • Aumento da Disponibilidade dos Serviços Executados;
  • Aumento da Segurança dos Dados;
  • Redução dos Investimentos em Equipamentos;

Agende um bate-papo com nosso consultor de negócios.

Para detalhar suas necessidades e entender como a Webcenter pode ajudá-lo !