Quais os principais motivos para investir na tecnologia em nuvem?

Quais os principais motivos para investir na tecnologia em nuvem?

Você provavelmente anda ouvindo muitas coisas sobre tecnologia em nuvem. Esse recurso inovador está cada vez mais presente em nosso cotidiano, transformando a maneira que lidamos com nossas informações digitais. Ele permite que dados sejam armazenados em um servidor remoto, podendo ser acessados de qualquer lugar.

Para as empresas, a adoção dessa tecnologia traz inúmeras vantagens. Por isso, separamos alguns motivos para se investir na nuvem e impulsionar o crescimento do seu negócio. Confira!

Estabilidade

Interrupções e instabilidades são os pesadelos de todo empreendedor digital. Tais problemas surgem de causas variadas e muitas vezes imprevisíveis. Desse modo, manter um negócio online sempre disponível não é uma tarefa fácil. É preciso ter uma boa infraestrutura e pessoal capacitado.

Adquirir um serviço de nuvem tem se mostrado uma ótima solução para empresas que sofrem com esses problemas. Pois a empresa passa a contar com a infraestrutura fornecida pelo provedor do serviço, com sistemas atualizados, suporte especializado, planos de resposta rápida contra falhas e maiores capacidades de processamento e armazenamento. Garantindo uma operação mais confiável e estável. 

Segurança

A segurança é uma das principais características da cloud computing. Isso se deve a própria estrutura de funcionamento da tecnologia. Como um mesmo servidor armazena dados de diferentes empresas, toda informação é criptografada e o acesso é mantido em canais diferentes, protegidos por firewalls, VPNs e sistemas de autenticação. Assim, só quem está devidamente autorizado pode acessar.

Outros aspectos que reforçam a segurança da informação e fazem com que os serviços em nuvens sejam recomendados por gestores e especialistas em TI, são a possibilidade de ter múltiplos backups e o monitoramento constante do sistema para evitar invasões.

Mobilidade

A mobilidade é outra grande vantagem da computação em nuvem. Essa característica rompe as fronteiras geográficas da empresa, permitindo que os funcionários possam acessar os dados de qualquer local. O que é muito útil para equipes que estejam trabalhando em campo (alocadas fora da organização) e para os gestores – que com esse recurso, passam a ter disponíveis de maneira rápida e segura, informações atualizadas em tempo real.

Redução de custos

Toda empresa busca estratégias para reduzir custos e esse é um dos pontos fortemente impactados pela adoção da tecnologia em nuvem. É possível notar uma economia significativa em infraestrutura e mão de obra especializada, pois não é mais necessário realizar gastos elevados com computadores potentes, armazenamento, hardwares específicos e seus respectivos consumo de energia e manutenções.

Segundo a consultoria americana Gartner, até 2020, mais de 1 trilhão de dólares gastos com TI no mundo serão, direta ou indiretamente, economizados pelos serviços em nuvem.

Produtividade

A cloud computing tende a tornar o processo de trabalho menos burocrático, mais prático e por consequência mais produtivo. Esse tipo de serviço elimina empecilhos que antes consumiam tempo e esforço dos funcionários, possibilitando que eles se dediquem a tarefas mais importantes para a empresa.

Como já mencionado antes, com ela é possível acessar dados de qualquer lugar, isso vale tanto para fora da empresa como para dentro. Um funcionário que antes gastava muito tempo se deslocando para outro setor para atualizar um cadastro, agora pode fazer isso da sua sala e estará liberado mais rapidamente para outra tarefa.

Flexibilidade

Ao contrário de uma infraestrutura física, a computação em nuvem não tem uma capacidade de processamento definida; o que faz dela uma excelente opção para empresas de todos os tamanhos – especialmente aquelas em fase de expansão – pois é uma solução flexível, que se adapta às necessidades da empresa.

Ela é capaz de evitar gastos desnecessários, reduzindo o consumo de serviços quando há baixa demanda e aumentando quando há alta. Essa elasticidade da nuvem permite usar somente a quantidade de máquinas que o negócio realmente precisa e, dessa forma, ser cobrado pelo que utilizou. Isso proporciona um ambiente de crescimento seguro para sua empresa.

Como vimos, motivos não faltam para as empresas migrarem suas infraestruturas e utilizarem a tecnologia em nuvem. De acordo com dados da IDC, o investimento das empresas nessa tecnologia deve aumentar 40% em 2018 em toda a América Latina. E você? Já usa a nuvem no seu negócio ou na empresa onde trabalha? Conte nos comentários o que você espera dessa tecnologia!

 

Deixe uma Resposta

%d blogueiros gostam disto: