O que é automação da infraestrutura de TI

O que é automação da infraestrutura de TI

Quem é leigo no assunto, pode achar que o principal foco de uma equipe de TI está em criar site, e na verdade não é nada disso. 

A equipe de tecnologia de uma empresa precisa sim ter cuidado em algumas coisas que dizem respeito ao site da organização, como por exemplo, evitar ataques de criminosos, mas isso é apenas uma das funções dessa área. 

O TI precisa cuidar de tudo que é relacionado à instalação, configuração e manutenção da infraestrutura. E, um tempo atrás, tudo isso era feito manualmente. Mas você já sabe o que é automação da infraestrutura de TI?

Antigamente, muitas pessoas em uma equipe costumavam se envolver quando se tratava de questões relacionadas à infraestrutura de TI. Muitas coisas eram feitas de maneira manual. 

Esse processo apresentava um risco considerável de erro humano, levando à baixa disponibilidade, segurança e desempenho do aplicativo. Sem esquecer o custo geral da infraestrutura.

Mas, graças ao avanço da tecnologia, isso não é mais um problema.

Agora, temos várias ferramentas disponíveis para executar tarefas de criação, implantação e gerenciamento de infraestrutura. Veja o Guia Completo de Como Desburocratizar o T.I..

Aproveitando o software certo, pode-se automatizar toda a infraestrutura com menos envolvimento humano. 

Não estamos falando de coisas fáceis, mas de tarefas complexas, como infraestrutura de provisionamento, configuração de aplicativo inteiro, etc.

A automação de infraestrutura de TI é o processo de implantação de componentes de hardware/software, sistema operacional, componentes de rede e componentes de armazenamento de dados. 

Continue a leitura e saiba mais sobre o que é e como funciona a automação da infraestrutura de TI! 

O que é Automação de Infraestrutura de TI

A automação da infraestrutura de TI é um conjunto de processos que as organizações usam para reduzir os esforços manuais associados ao gerenciamento e provisionamento de cargas de trabalho na área. 

Essa automação visa tornar todas as atividades relacionadas aos recursos da nuvem local e pública da forma mais rápida, eficiente e prática. 

Muitas das funções diárias pelas quais o TI é responsável podem ser facilmente automatizadas com software de automação, liberando a equipe para tratar de questões mais urgentes.

Automatizar tarefas repetitivas é a única maneira de a TI ter tempo para se concentrar em tarefas importantes que agregam valor à organização.

A principal lição? A automação da infraestrutura de TI tem o potencial de melhorar quase todos os aspectos dos ambientes de nuvem pública, privada ou híbrida. 

Ela pode tornar as implantações de carga de trabalho muito mais eficientes, ao mesmo tempo em que corta custos ao recuperar recursos de hardware e licenças de software que, de outra forma, seriam desperdiçados.

O que está incluído na automação de TI?

Em teoria, se for uma tarefa de TI, algum nível de automação pode ser aplicado a essa tarefa. 

Portanto, a automação pode se integrar e se aplicar a qualquer coisa, desde automação de rede a infraestrutura, provisionamento de nuvem e ambientes operacionais padrão e, ainda, a implantação de aplicativos e gerenciamento de configuração.

Os recursos e aplicativos de automação podem se estender ainda mais a tecnologias específicas, como DevOps e a áreas mais amplas, como nuvem, computação de ponta, segurança, teste e monitoramento. 

Por que a automação da infraestrutura é importante?

A automação é um componente chave para impulsionar a eficiência do TI e permitir a transformação digital de uma organização. 

Conforme as organizações crescem em complexidade e tamanho, há um número limitado de recursos para se concentrar na administração da infraestrutura. 

Atualizações, provisionamento, configuração e implantação de sistemas podem representar um fardo incontrolável para a TI se não fosse por uma estrutura de automação de infraestrutura sólida.

Cada organização deseja uma infraestrutura de TI eficiente, escalável e confiável. 

As ferramentas de automação aumentam a agilidade e a produtividade dos funcionários e reduzem as superfícies de ataque à segurança, eliminando erros manuais por meio da padronização do processo.

A automação da infraestrutura beneficia principalmente as tarefas bem documentadas e tediosas de executar manualmente, por exemplo:

Provisionamento 

A automação da infraestrutura pode reduzir o tempo de provisionamento para novas VMs, armazenamento e rede de semanas ou meses para minutos ou horas.

Isso é especialmente valioso nos ambientes de TI híbridos com várias nuvens de hoje, onde a automação e a orquestração trabalham juntas para garantir uma implantação e operação suaves, independentemente do posicionamento da carga de trabalho.

Redução de custos

A expansão de servidores e VMs pode ofuscar os custos reais de um determinado ambiente de TI. 

A automação pode destacar todos os componentes de custo da infraestrutura de TI virtual e física, permitindo estornos de departamento e identificando anomalias que podem significar cargas de trabalho descontroladas ou esquecidas. 

Sem a contenção de custos adequada, o gerenciamento e os usuários da linha de negócios costumam ver a TI como um passivo ou centro de custo, em vez de ativo ou centro de lucro.

Planejamento de capacidade

A automação da infraestrutura elimina inconsistências, reduzindo assim a complexidade e aumentando a padronização em toda a organização. 

Isso pode ajudar a identificar as áreas em que o provisionamento incorreto está afetando a alocação de recursos e a implantação da carga de trabalho, como sistemas com mais memória ou potência de CPU do que o necessário para uma determinada carga de trabalho.

Quais são os benefícios da Automação de Infraestrutura?

A automação da infraestrutura de TI oferece muitos benefícios, incluindo:

  • Reduções de custos com a eliminação de processos manuais. As organizações economizarão custos de mão de obra sem reduzir a qualidade das operações de TI;
  • Maior eficiência e precisão da implantação do fluxo de trabalho com base em um repositório central de políticas;
  • Maior agilidade e visibilidade nos processos de negócios, mesmo enquanto a organização se expande para atender ao crescimento. Tempo mais rápido para valorizar as atualizações de software e novos lançamentos;
  • Ajuste consistente e dinâmico para mudanças de infraestrutura, mantendo a automação e entrega de serviço consistentes. Política de segurança, controle e conformidade consistentes em seu ambiente de várias nuvens;
  • Infraestrutura preparada para o futuro gerenciando cargas de trabalho tradicionais e nativas da nuvem em ambientes privados, híbridos e com várias nuvens.

Vale dizer que a automação da infraestrutura de TI não significa a redução da importância dos profissionais da área, pelo contrário. 

A busca por profissionais capacitados está cada vez maior e, inclusive, existem posições que continuam em alta em 2021

A automação da infraestrutura só vai ajudar a tornar algumas tarefas automáticas para que a equipe possa dar atenção a outros assuntos importantes.

Conclusão

Saber o futuro é – é claro – impossível, mas há coisas que estamos começando a ver surgindo para automação. 

Certamente haverá maior autonomia e, consequentemente, maior inteligência embutida em sistemas. 

Pense em automação construída de aplicativos, segurança, atualização, notificações, análise preditiva e decisões sendo tomadas sem supervisão direta.

Considere um risco de segurança sendo automaticamente detectado, relatado, corrigido, testado e implantado enquanto sua equipe de TI está dormindo. 

Seu sistema pode reunir informações relevantes para descobrir se e de onde veio um ataque, notificar as pessoas corretas – tudo sem perder tempo de atividade.

Esperamos que tenha gostado do conteúdo e que agora esteja mais claro o que é automação da infraestrutura de TI e a sua importância para as empresas! 

Deixe uma Resposta

4 × dois =