Afinal, o que é e quais os benefícios da gestão de riscos em TI?

Afinal, o que é e quais os benefícios da gestão de riscos em TI?

A gestão de riscos em TI tem ganhado cada vez mais espaço e prioridade no dia a dia das empresas. Não poderia ser diferente se levarmos em conta que, a cada dia, as rotinas e os processos organizacionais estão extremamente dependentes de ferramentas e recursos tecnológicos.

Pensando nisso, neste artigo vamos explicar o que é a gestão de riscos em TI, como ela funciona e suas principais vantagens para que você consiga otimizar essa área na sua empresa. Vamos lá?

O que é a gestão de riscos em TI

A gestão de risco em TI compreende uma série de práticas, procedimentos, padronizações e relações — preventivas e combativas— que garantem o funcionamento contínuo das operações empresariais suportadas por soluções de TI.

Esse gerenciamento é necessário porque a lista de riscos que podem danificar os processos e operações das empresas têm aumentado muito, o que inclui desde um simples problema em algum equipamento até ataques cibernéticos.

Cabe ao gestor da área de TI adotar processos que diminuam, previnam e lidem com os riscos que possam afetar a TI da corporação. Alguns deles são:

  • diminuir problemas e sinistros;
  • prevenir roubos de informações e outros tipos de ataques virtuais;
  • realizar backups e restaurações de dados da empresa;
  • adaptar a infraestrutura de TI para acomodar os demais processos de gestão;
  • adotar métricas e indicadores que permitam avaliar a eficiência das ferramentas e soluções usadas;
  • garantir o funcionamento dos sistemas e atividades ligadas a eles, entre outros.

Como funciona a gestão de riscos de TI

A função dos processos de gestão de riscos em TI varia de negócio para negócio conforme suas demandas, requisitos e recursos disponíveis (pessoal, tempo e financeiro). O planejamento dos processos e das medidas necessárias são:

  • implantação de níveis de acesso aos conteúdos do negócio conforme critérios previamente estabelecidos;
  • restrição ou proibição do acesso a páginas específicas;
  • exigência de validação de login e senha para ter acesso aos sistemas;
  • realização de apresentações e treinamentos sobre as práticas seguras para acessar os equipamentos de TI da empresa, bem como a internet;
  • adoção de proteção contra programas e conteúdos potencialmente prejudiciais.

Nem sempre as empresas contam com pessoal especializados nessa área. Nesses casos, a sugestão é contratar uma empresa especializada em governança de TI que ajude a implantação e monitoramento dessas práticas.

Quais são as principais vantagens da gestão de riscos

A adoção de uma gestão de riscos em TI é benéfica para a empresa por diversos motivos. Entre as vantagens, se destacam a diminuição dos custos das operações de TI, problemas decorrentes de panes e a maximização da segurança.

Essas vantagens acabam impactando diretamente no restante da empresa, evitando que outros setores façam inúmeras chamadas, solicitações de restauração de dados e arquivos, pedidos de serviços e reparos etc.

Afinal, quanto melhor a segurança das soluções tecnológicas, menor serão os problemas, gerando melhorias de desempenho.

Agora que você já sabe tudo sobre a gestão de riscos em TI, que tal garantir um gerenciamento de arquivos eficiente e seguro nas nuvens? Nesse conteúdo você vai conhecer as vantagens do gerenciamento de arquivos na nuvem.

Powered by Rock Convert

Deixe uma Resposta

%d blogueiros gostam disto: